Distribuidora de Equipamentos Telecom, acompanhe nosso trabalho.

Fastwireless Telecom

Passo a Passo para Fusão de Fibra Óptica
  • capa

Emenda Óptica, o que é e para que serve.

 

Emenda óptica é a junção permanente ou temporária de dois ou mais segmentos de fibras. Serve para aumentar a extensão de um cabo óptico, fazer a mudança de tipo de cabo, conectar um equipamento ativo ou fazer manobras em um sistema de cabeamento estruturado, existem diferentes técnicas para fazer a emenda óptica: Emenda Óptica Mecânica, Emenda Óptica por Conectorização e a Emenda Por Fusão, que iremos ensinar neste post.

 

Emenda óptica por fusão

A Emenda óptica por fusão agiliza o processo de instalação de fibra óptica por ser totalmente automático e garante uma grande confiabilidade no sistema, mas para isso é preciso investir em um equipamento de qualidade. Utilizamos a Máquina de Fusão T36 da Orientek para fazer o processo de fusão simples, single mode, logo abaixo você confere o passo a passo para fazer uma fusão de forma simples, rápida e automática.

 

Passo a Passo para Fusão de Fibra Óptica Simples

 

1 – Preparando a Fibra

Antes de começar o processo é necessário preparar a fibra.

 

> Decapar o cabo da fibra e a capa da fibra com as ferramentas apropriadas.

 

 

 

> Fazer limpeza da fibra, é recomendável passar um papel ou pano com álcool para evitar ruídos na hora de fazer a fusão.

 

 

 

> Clivar fibra com um clivador de alta precisão, utilizamos o clivador FC-6S da marca Sumitomo.

 

 

2 – Fusão da Fibra

 

As máquinas de fusão que estão no mercado atualmente fazem o processo de alinhamento das fibras e fusão de forma totalmente automática, nós utilizamos a Máquina T36 da Orientek, recomendável para quem quer um aparelho de ponta com bom custo-benefício e qualidade.

 

> Para iniciar o processo de fusão basta ligar o aparelho, abrir a tampa (geralmente localizada na parte superior da máquina)

 

> Inserir as fibras no motor de alinhamento e prende-las.

 

 

> Fechar a tampa e por último apertar o botão para iniciar a fusão. Neste momento a fibra é automaticamente alinhada e submetida à um arco voltaico que eleva a temperatura nas faces das fibras, o que provoca o derretimento das fibras e a sua soldagem.

 

 

> A máquina demonstra o processo de alinhamento e fusão graficamente através do monitor.

 

 

3- Revestindo a fibra

Após a fusão a fibra deve ser revestida por uma resina (tubete) que tem a função de oferecer resistência mecânica à emenda, protegendo-a contra quebras e fraturas. Esse processo é também bem simples veja abaixo:

 

> Alinhar a resina na parte decapada da fibra.

 

 

> Inserir a parte com resina no dispositivo de aquecimento (forno)

 

 

> Fechar a portinha e apertar o botão indicado para iniciar, o aquecimento faz com que a resina se molde à fibra.
Esse procedimento leva aproximadamente 2 minutos de variando de acordo com aparelho utilizado.

 

 

> Retire a fibra e verifique se o tubete está devidamente moldado à fibra.

 

 

Feito todo o processo de fusão e aquecimento do revestimento sua fibra está pronta para usar, todo o processo leva menos de 10 minutos para ser feito, lembrando que essa é a forma mais simples de fusão, existem processos mais complexos como a fusão de fibras multi-modo por exemplo.

 

Confira vídeo da Fusão de Fibra Utilizando a Máquina de Fusão T36 – Orientek.

 

¤