Distribuidora de Equipamentos Telecom, acompanhe nosso trabalho.

Fastwireless Telecom

UniFi UAP da Ubiquiti

Tudo sobre UniFi UAP da Ubiquiti

  • UniFi AP Acess Point da Ubiquiti
  • UniFi AP Acess Point da Ubiquiti
  • UniFi AP Acess Point da Ubiquiti
  • UniFi AP Acess Point da Ubiquiti

Buscando esclarecer algumas dúvidas de nossos clientes estamos disponibilizando esta matéria completa do UniFi UAP da Ubiquiti divulgada pelo site de tecnologia Adrenaline.

Você verá todos os detalhes deste excelente produto, como instalação, configuração, funcionalidade, qualidade de sinal e muito mais. Boa leitura!

O UniFi UAP da Ubiquiti Networks é um ponto de acesso wireless bastante versátil, pensado para redes complexas que necessitam de vários pontos de conexão, sendo uma ótima opção para locais onde há uma grande quantidade de dispositivos conectados ou a área de cobertura é grande demais para ser feita com apenas um aparelho.

 

Especificações técnicas.

Interfaces de rede: 1 padrão 10/100

Dimensões: 200 x 200 x 36 mm
Peso: 0.43 kg
Fonte de energia: 24V POE
Consumo máximo: 4 Watts
Antena Integrada para MIMO 2×2
Frequência de operação 2.412-2.462 GHz
Alcance: até 50 metros
Potência 20 dBm
Temperatura de operação: -10C a 70C
Umidade de operação: 5 a 80%
Padrões: 802.11 b/g/n

Instalação e configuração

O UniFi é configurado através de um software da empresa, disponível no site oficial do produto. Após instalado, passamos a ter dois novos aplicativos:  o UniFi e o UniFi Discovery. Este último tem como função localizar os pontos de acesso e fazer a configuração básica, como resetar a senha de acesso do administrador. Ambos os softwares precisam ser rodados em um computador conectado por cabo na mesma rede que o ponto de acesso UniFi, para funcionar corretamente.

 

Instalação UniFi Instalação UniFi

Aplicativo de configuração inicial

 

As principais configurações são realizadas no aplicativo UniFi. Como este ponto de acesso tem enfoque em redes complexas, a lógica de configuração é diferente da que estamos acostumados em roteadores domésticos. Ao invés de configurar cada roteador individualmente, você configura a rede como um todo, e “incorpora” os pontos de acesso a ela, algo que faz muito mais sentido para quem administra uma rede maior.

 

Setup UniFi Setup UniFi UinFi Setup

Com o enfoque em redes complexas, a graça do sistema do UniFi é o gerenciamento avançado, algo também feio pelo navegador (o software UniFi faz, basicamente, o encaminhamento do usuário para o IP correto, no navegador). É nesta interface que os múltiplos pontos de acesso são configurados, e o status da rede, bem como de todos os dispositivos presentes nela, são visualizados.

Configuração inicial

 

 

 

A interface começa exibindo uma planta baixa, que pode ser customizada com uma imagem ou com um mapa do Google Maps. Neste mapa podem ser posicionados os pontos ativos, trazendo uma visão bem mais amigável dos roteadores. Clicando em cada ponto de acesso, podemos ver seu status e os aparelhos que estão conectados à rede através dele.

 

 

UniFi setup UniFi Setup Setup UniFi

 

Esta interface também traz relatórios de consumo de banda de cada rede criada, cada aparelho conectado e dos pontos de acesso, com mecanismos bem práticos para bloquear um IP estranho ou limitar a banda. Por esta interface também são mostradas notificações, alertando sobre um ponto de acesso que tenha parado de funcionar, por exemplo.

 

 

 

 

Esta interface é muito funcional, trazendo as principais funções de gerenciamento de forma visual. O único contra que consigo ressaltar é que não está em português, algo que pode atrapalhar um pouco quem não domina esta língua mas, que no apesar disto, compensa esta defasagem com interações visuais, na maior parte do tempo.

 

 

 Design e funcionalidades

O design do Unifi lembra alarmes de incêndio, ou outros sensores deste tipo, não remetendo a um roteador sem fio, mérito principalmente da ausência de antenas expostas. Com um formato de disco, não é um aparelho que vai passar despercebido, mas está longe de comprometer o visual de um ambiente graças a suas linhas leves e a luz de status elegante e, principalmente, constante (diferente das luzes intermitentes de outros aparelhos que, desta forma, acabam chamando muito mais a atenção).

 

UniFi Embalagem UniFi embalagem UniFi mais acessórios UniFi
UniFi traseira UniFi UniFi

 

A única luz de status, em forma de círculo, indica através de cores a situação do ponto de acesso. Quando o círculo pisca na cor amarela, o UniFi está sendo incorporado na rede, por exemplo. Após finalizada a configuração, o aparelho passa a exibir uma luz verde constante.

A instalação física do UniFi é feita através de uma base, presa na parede/teto com parafusos. Para posicionar o ponto de acesso, é preciso primeiro conectar os cabos e, na sequência, encaixar o aparelho na base, com um movimento de rotação. Este processo é bastante simples e, após um clique, o UniFi fica firme na base e, consequentemente, na superfície onde você deseja fixá-lo.

 

 

Qualidade e intensidade de sinal, velocidade de transferência


Começamos nossos testes comparativos com a qualidade de sinal em três situações: a um metro de distância, sem barreiras, a três metros com duas obstruções e um roteador de 2.4GHz próximo, e a dez metros com três obstruções e um número maior de redes interferindo no sinal. Utilizamos a aplicação iwconfig do Ubuntu 12.10 para capturar os dados.

 

 

 

 

Neste primeiro testes, o UniFi apresentou um desempenho dentro da média. Comparado ao aparelho da EnGenius, produto com um perfil semelhante, ficou na desvantagem, mas com diferença de no máximo 18%.

 

 

 

 

 

No comparativo da intensidade do sinal, o Unifi apresentou um dos melhores resultados medidos até o momento, equilibrando a disputa com o EnGenius, especialmente no teste com a maior distância entre o ponto de acesso e o dispositivo conectado na rede.

 

 

Por fim, nosso último teste verifica o tempo necessário para mover um conjunto de 4.3GB de arquivos entre um computador conectado via cabo e um notebook conectado via wireless, em uma situação semelhante a nosso teste de conectividade intermediário (3 metros, uma obstrução). O UniFi não se destacou neste aspecto, sendo o aparelho a tomar mais tempo para finalizar a cópia dos arquivos, levando quase uma hora, 13 minutos mais lento que o EnGenius.

 

Conclusão


O UniFi é o melhor equipamento para redes complexas que analisamos, até o momento. Com um design simples elegante, seu grande destaque é a interface de configuração e status da rede.
Com um aplicativo majoritariamente visual, é fácil ficar de olho nos aparelhos que estão se conectando na rede, o tráfego que estão gerando e, importante para quem quer evitar “hóspedes indesejados”, o bloqueio de IPs.

 

Em nossos testes, o UniFi apresentou uma performance intermediária na intensidade e qualidade de sinal, e no momento das cópias dos arquivos foi o ponto de acesso wireless mais lento a realizar a transferência dos arquivos. Apesar deste aspecto negativo, durante nossos testes mantivemos um smartphone, um computador de mesa e um notebook conectados à rede, e no uso cotidiano não foi perceptível esta diferença de performance.

 

Apesar de ser capaz de desempenhar mais funções, o EAP350 fica na desvantagem por trazer uma interface de configuração mais complicada, tornando o UniFi a melhor opção para gerenciar uma rede que necessita de múltiplos pontos de acesso, especialmente combinando vários UniFi APs, e não irá precisar de elementos como bridges.

 

Com custo de aproximadamente R$ 200, para redes simples há opções mais baratas para criar pontos de acesso, mas não descartaria o UniFi como uma opção interessante, mesmo que para utilizar apenas um aparelho. Sua maior vantagem é nas redes complexas no estilo “mesh”, com múltiplos pontos, onde o gerenciamento centralizado de todos os pontos de acesso torna a administração da rede algo muito mais simples e eficiente. Nestes casos, também são comercializados pacotes com três pontos de acesso mas, em geral, o preço não chega a ser tão mais vantajoso que adquirir um por vez.

 

Prós
– Interface de configuração visual e prática
– Ótimo para redes que necessitam de vários pontos de acesso
– Suporte às tecnologias b/g/n
– Perfeito para “redes mesh”

Contras
– Desempenho lento na transferência de arquivos

 

Abaixo o link do PDF. auto explicativo.